EDUCANDO COM ARTE


Partindo do princípio que o repertório humano de aptidões vai muito além da estreita faixa do conhecimento de palavras e números, percebo que é de fundamental importância o desenvolvimento de atitudes de reflexão, curiosidades e crítica frente ao conhecimento, na relação consigo mesmo, com o outro, com o ambiente em que vive e com os seus talentos, os quais um sistema educativo deve alimentar, encorajando os educandos a descobrirem e empreenderem em suas aptidões.

Nessa concepção, a Arte entra como
protagonista criando espaços e condições para que o jovem possa aprender a conhecer, a fazer, a trabalhar em equipe e finalmente a ser, que é a busca da realização pessoal e o conhecimento das emoções.

Falamos aqui da formação integral do Ser Humano. Não mais esperar por soluções prontas, mas confiar nas próprias forças de pesquisas e buscas, para encontrar as respostas e colocá-las em prática.

O trabalho com a Educação Não-Formal com crianças e adolescentes traz, através de práticas educativas realizadas em diferentes tempos e espaços, a descoberta de caminhos para uma educação efetiva.

Refletir sobre o novo, sobre a prática da criação, causa emoção e move o educando ao conhecimento com autonomia e espontaneidade, onde a obra surge da reflexão e do prazer e cada um se desenvolve conforme o seu ritmo, suas competências e interesses, transformando o momento artístico num complemento para a reinvenção da vida.


Maria Luiza Mion Giannico – Arte-Educadora
E-mail: contato@novospassos.org.br


Posso fazer mais... Posso fazer diferente... Porque sou capaz!